Domingo, 26 de Fevereiro de 2006

Capote

capote2.jpg


CAPOTE


 Quem é Truman Capote ?


Que personagem é esta que se torna tão importante ao ponto de se realizar um filme sobre ele?


Referência da Literatura Norte Americana, dizem os que sabem, que levou a escrita a um nível que nunca ninguém tinha pensado levar.


Truman começou a ser nome corriqueiro nos escaparates das livrarias quando escreve o seu “BONECA DE LUXO – BREAKFAST AT TIFFANY’S”, mais tarde transformado em filme e elevando a Deusa “Audrie Hepburn”. Em 1959, depois de um crime hediondo numa cidadezinha perdida no meio do KANSAS, Truman decide escrever aquilo que intitula “ Obra Não Ficcionada”, tentando retratar o choque na população daquela cidadezinha, a investigação realizada quer pelo FBI, quer pelo departamento de policia local, quer pela mente dos acusados.


Assim se inicia este filme que para além de retratar a forma como Truman escreveu o livro, bem como as dificuldades por ele sentidas, retrata também a sua ironia, egoísmo, egocentrismo e total desrespeito pelos sentimentos alheios.


Filme razoavelmente bem filmado, com algumas imagens muito bonitas, consegue facilmente transportar-nos, também porque é baseado num excelente argumento, para a época retratada e ganha a expectativa que ganhou apenas porque se encontra lá um senhor chamado Philip Seymour Hoffman, que consegue transformar em algo transcendente a sua arte e o seu engenho, quem conhecer os seus papeis anteriores, consegue perceber o cuidado, a dificuldade e todo o trabalho por detrás deste Capote.


Sem querer menosprezar o filme, até porque quanto mais não seja ficam a conhecer uma obra excelente “ A SANGUE FRIO – IN COLD BLOOD “ pelo filme.


O mesmo só tem as nomeações que têm pela cuidada escolha de actores.


Se existem filmes que valem apenas pelos actores este é um excelente exemplo.


Vão ver, não perdem nada, no entanto questiono-me o porquê das nomeações para melhor filme (pronto consigo mas não vou dizer para não me chamarem inimigo público dos americanos) nem sequer para melhor realizador, tudo o resto é merecido e não nos poderemos esquecer da Senhora nomeada para melhor actriz secundária – Caherine Keener, personagem muito secundária mas de tal forma interpretada que não conseguimos esquecer das suas expressões, daquilo que uma cara desmaquilhada consegue demonstrar numa única expressão de olhar.....


publicado por digiman às 17:17
link do post | comentar | favorito
|

.Quem Sou

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


.posts recentes

. BURLESQUE

. CISNE NEGRO

. O Americano

. Jogo Limpo

. Prayers For Bobby

. Grey’s Gardens

. THE CURSE OF THE GOLDEN F...

. A RAINHA

. BABEL

. The Whale Rider

.arquivos

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds